"Quando eu era menino, os mais velhos perguntavam: o que você quer ser quando crescer? Hoje não perguntam mais. Se perguntassem, eu diria que quero ser menino."
Fernando Sabino. (via s-ubconsciente)

estrelamar:

escrevo como quem se afoga num mar de confusões e tenta nadar até a superfície e buscar um pouco de ar. escrevo como quem se perde no labirinto de erros e tenta buscar o caminho certo. escrevo como quem foge de si mesmo, quem busca um novo eu. escrevo por tudo ou simplesmente escrevo por escrever.

67 notas    
"O que mais matava Ana por dentro não era o amor, nem a dor, nem a tristeza, nem a solidão, nem a saudade, nem nada do que se diz sentimentos. O que matava Ana era tudo isso, mas a falta deles, Ana achava que sua alma era inútil, por não sentir nada, e isso acabava-a por dentro, pois é encontrou algo que a matava aos poucos todos os dias, a falta de sentimentos em sua alma, o vazio, e que vazio."
O Diário de Ana, excruciare (via estrelamar)
256 notas    
"Eu não sou capaz de entender o amor, pois em cada palavra contém um grande modo de interpretação e causa múltiplos efeitos nas pessoas."
— falo sobre o amor 
0 notas    
"Ao contrário de futuros amantes
o meu amor tem pressa
ele não faz silêncio
e corre depressa.
Esperando encontrar-te
em qualquer rua dessas."
Chico Buarque.  (via estrelamar)
"E no domingo a tarde, sem nada para fazer, sem nada para pensar, você escuta uma música e lembra dos seus sonhos de criança. Sonhos não realizados, sonhos não concretizados. Uns por motivos de falta de incentivo, outros por falta de coragem de dizer: “Não, eu quero ser isso e ninguém pode me impedir.” Mas impedem."
O menino Charlie    (via arco-irisdaltonico)
"A distância não causa amnésia, mas a ausência gera esquecimento."
Enzo Menezes (via re-amar-te)
"Afinal, só queremos que as pessoas vejam realmente quem somos!"
— Victória Soares  (via sonhospequeno-s)
167 notas